b

b

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Qual o Valor do nosso voto?

Em meio a um mês de julho decisivo na politica partidária chapadinhenese, venho tentando escrever aqui sobre as atuais eleições. Ao mesmo tempo, questionava-me se seria necessário “mais uma análise” sobre o assunto, ainda que eu pretendesse discutir questões mais técnicas, que me vêm de algum conhecimento sobre teoria de escolha pública e correlatos.

Enfim, o tempo passou, a análise não veio e, sim, eu acho que ela teria sido totalmente dispensável… Há especialistas demais e eu pouco ou nada teria a contribuir para minorar a avalanche de intolerância, radicalismo, má-fé e afins que se tornou marca da mídia quase completamente nessas eleições, essa nidia pode ser contrária ou favoravel, dependende de quem ela serve.

Não da pra deixar de lado neste momento pré-eleição, como alguém que sempre soube, desde a mais tenra idade, que apenas a educação pode propiciar igualdade de oportunidades ou diminuir as desigualdades delas. Esse “saber” nem eu mesma sei explicar de onde, talvez de uma fina intuição, de uma percepção aguçada do entorno e de querer, a partir daí, romper aquilo que parecia, com uma brutalidade tamanha, fazer questão de grudar meus horizontes a um palmo do meu nariz.

O nosso voto é uma arma potente que devemos usar contra maus politicos, e é através dele que alguma mudança pode ser feita na vida pública de Chapadinha. Voto é o instrumento para exercer o direito de escolher candidatos a cargos políticos através de eleições e não se confunde com sufrágio.

Quando os eleitores decidem a respeito de um determinado assunto, ao votarem, estão elegendo, escolhendo os seus candidatos; o que leva a acreditar que existe uma eleição. Para alguns, pode haver votação sem eleição, mas na democracia representativa e na semi direta, não pode haver eleição sem prévia votação.

E aí você descobre que realmente seu voto tem valor, e que você tem valor diante da escolha do seu voto. E se você for capaz de usar seu voto com consciência e responsabilidade, teu será o futuro, e ainda mais: será um cidadão, caro amigo. Sim, isso ainda demora décadas, eu não sei se ainda estarei neste mundo quando isso acontecer, mas fico feliz com a possibilidade de que estejamos caminhando para.

É isso. Esse é o valor do meu voto. Cada um que tenha o seu, e que respeitemos as diferenças!

Judoca medalha de ouro pretende montar projeto social em Teresina para revelar talentos

A judoca Sarah Menezes ainda não conseguiu dormir depois das vitórias de ontem (28) em Londres. Aos 22 anos de idade, foi a primeira brasileira a conquistar uma medalha de ouro dessa modalidade em Jogos Olímpicos.


Além disso, quebrou um jejum de 20 anos desde a última vez que o judô nacional subiu ao lugar mais alto do pódio olímpico, o que aconteceu nas Olimpíadas de Barcelona, em 1992, com Rogério Sampaio.

A emoção que impediu o sono da grande campeã olímpica, de 1,54 metro e 48 quilos, nascida em Teresina, tem motivos além da medalha. Ela disse que falou apenas rapidamente com os pais por telefone, depois da última luta, mas prevê que o feito “vai mudar completamente” sua vida e a de sua família.

Sarah Menezes quer incentivar os mais jovens a praticar o esporte na capital piauiense. “Pretendo, depois dessa medalha, montar um projeto social para que apareçam novos talentos. Penso em ajudar as pessoas que estavam ao meu redor, no momento que mais precisei”.

A judoca também fez um agradecimento especial ao seu técnico, Expedito Falcão, um dos principais motivos para não ter deixado o Piauí pra treinar em outro centro. “Quem sempre acreditou em mim foi meu treinador, Expedito. Então, nunca saí de Teresina porque sempre foi ele quem mais acreditou nesse sonho, e eu acabei sonhando com ele”.

Ela também destacou o trabalho psicológico feito desde os Jogos Olímpicos de Pequim, quando foi derrotada na primeira luta, com apenas 17 anos de idade. “O que mais é preciso trabalhar nos atletas é a parte mental mesmo”, disse.

Para os próximos meses, a estudante de Educação Física, que teve que trancar a faculdade por conta dos treinamentos para os jogos, disse que não pensa em treinos e lutas. “Não quero saber de judô agora, não. Quero estudar, voltar pra faculdade e estudar inglês. É muito ruim viajar o mundo e não conseguir conversar”.

Da Agencia Brasil

sábado, 28 de julho de 2012

O crescimento da Violência contra as Mulheres

Nos ultimos meses tenho acompanhado muitas reportagens que falam sobre a violência contra as mulhres, e essa semana a coisa parece que endoidou de vez. A violência contra a mulher é um dos fenômenos sócias mais absurdos e inaceitáveis. É uma tática consciente para obter poder e controle sobre a mulher.

Quando acontece em ambiente familiar é uma fonte de medo, dano físico e psicológico à mulher e também às crianças, incluindo todos tipos de ameaças e privação de liberdade. A violência contra a mulher não é doença genética, nem conseqüência de alcoolismo, drogas, estresse ou raiva descontrolada, tampouco conseqüência do comportamento da vítima ou da pobreza.

Essa violência acontece em todos os ambitos da sociedade, essa violência contra a mulher é fruto da desigualdade entre homens e mulheres. Já criaram leis especificas, no casa a lei Maria da Penha, mais on indices continuam alarmantes, e só tem aumentado.

No Brasil, há mais de três décadas, as mulheres denunciam e tentam dar visibilidade a essa situação. Neste período o país participou de várias convenções e assinou diversos tratados em prol da redução da violência doméstica e de gênero. Este ano o Governo Federal lançou um Plano Nacional de Prevenção e Redução da Violência Doméstica e de Gênero. Porém, todas estas iniciativas ainda não tem desencadeado um processo de mudança que de fato supere a violência contra a mulher.

É fato que, em nosso contexto de tantas contradições sócio-econômicas, as mulheres são vítimas de violência tanto quanto os homens. Mas a situação das mulheres é ainda agravada pela violência sexista.

Pesquisando na rede mundial de computadores, descobri que em nosso país grande número de mulheres vive em situação de violência física e psicológica (63% das mulheres brasileiras já sofreu algum tipo de violência) e, especialmente, a violência doméstica (75% dos casos de violência contra a mulheres e crianças acontecem no âmbito familiar). A casa, espaço da família, antes considerada lugar de proteção passa a ser um local de risco para as mulheres e crianças. O alto índice de conflitos doméstico já destruiu o mito do "lar, doce lar". As expressões mais terríveis da violência contra a mulher estão situadas na casa que já foi o espaço de maior proteção e abrigo.

Acostumamo-nos a considerar como violência somente os atos que provocam algum tipo de lesão física. No entanto, a violência também ocorre na forma de destruição de bens, ofensas, intimidação das filhas e dos filhos, humilhações, ameaças e uma série de atitudes de agressão e desprezo; situações que desrespeitam os direitos das mulheres, seja na rua, nas escolas, nos consultórios, nos ônibus, nas festas e, sobretudo, em casa.

A violência contra a mulher pode se manifestar de várias formas e com diferentes graus de severidade. Estas formas de violência não se produzem isoladamente, mas fazem parte de uma seqüência crescente de episódios, do qual o homicídio é a manifestação mais extrema.

Fonte de consultas Internet

Município do noroeste gaúcho nunca teve disputa eleitoral para prefeitura

da Agência Brasil
Com 16 anos de existência, o município de Mato Queimado, no noroeste do Rio Grande do Sul, nunca passou por uma disputa eleitoral para a prefeitura. Desde a primeira eleição municipal, em 2000, nunca houve dois candidatos ao cargo de prefeito, restando ao concorrente único apenas cumprir a formalidade e assumir o comando do município.

A cidade, situada a 480 quilômetros de Porto Alegre, tem apenas 1,8 mil habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), e se emancipou-se em 1996 de Caibaté. Desde então, adotou um modelo político singular. Segundo o prefeito Orcelei Dalla Barba, antes das eleições as lideranças políticas dos quatro partidos existentes na cidade (PT, PMDB, PTB e PP) se reúnem e decidem quem vai governar o município.

O escolhido é inscrito, então, como candidato único para disputar as eleições municipais. Além disso, nunca houve qualquer candidato de oposição na disputa pelas nove vagas da Câmara Municipal. Os vereadores sempre disputam sob uma coligação única, que envolve os quatro partidos. O prefeito explica que a ideia de se ter um consenso em torno de uma única candidatura vem desde a época em que Mato Queimado buscava a emancipação.

“Tinha-se um histórico do município mãe [Caibaté] e nos municípios da região havia muita disputa política, de muita desavença entre as comunidades em função da disputa política. Queríamos construir algo diferente. Juntamos as lideranças partidárias e entramos em um consenso. E esta já é a quarta eleição na forma consensual, onde não há rivalidade política e onde há respeito mútuo entre os partidos”, explicou Orcelei Dalla Barba.

Segundo ele, o processo de escolha do candidato único está aberto à população e ressaltou que 40% do eleitorado local são filiados a algum partido político. Segundo o Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE/RS), apenas 8% dos eleitores deixaram de votar nas eleições municipais de 2008 e 10% votaram nulo ou em branco – o que demonstra que 82% dos eleitores compareceram às urnas e apoiaram seu nome, explica. Nas duas eleições anteriores, a maioria da população também havia votado em seu antecessor, Nelson Hentz, que também será seu sucessor, pois é o único a disputar as eleições deste ano.

“Existe um percentual pequeno da população, de pessoas que entendem que deveria se ter uma abertura e uma oportunidade de escolha com dois ou mais candidatos”, disse Dalla Barba. Segundo ele, caso algum eleitor não esteja satisfeito, existe a possibilidade de concorrer por outro partido.

Para o paranaense Flavio Artur Birck, de 41 anos, proprietário de um posto de gasolina na cidade, esse é um modelo político ideal, porque não há brigas entre os políticos e a cidade funciona bem. “É muito bom. Somos um lugar pequeno. Não sei se existe outro município no país que faz o que a prefeitura daqui faz pelo contribuinte”, conta ele que mora em Mato Queimado desde 1981,.

Em relação aos vereadores, o morador conta que é comum os candidatos fazerem campanha batendo de porta em porta. Nesta eleição, são 12 candidatos. Todos da mesma coligação, “União por Mato Queimado”, que reúne.

Já José Ori Paiva, que nasceu na área onde hoje é Mato Queimado há 45 anos e trabalha na Câmara Municipal, concorda que o consenso em torno de uma candidatura é benéfico porque evita rachas políticos que possam prejudicar a comunidade, mas pondera. “Politicamente, se perde um pouco da democracia. Talvez não seja da vontade de todos os moradores ter o candidato tal a prefeito. Depois de aberto, livre [o processo], poderia ter outros candidatos.”

Para o pesquisador Geraldo Tadeu Monteiro, diretor do Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj), a falta da existência de oposição política em Mato Queimado é realmente um problema para a democracia.

“Nos municípios onde há maior competição política, abre-se espaço para que os problemas sejam debatidos de forma mais aberta. Quanto maior a competitividade do sistema, melhor para a população, para que o poder público sofra mais pressão, fiscalização e vigilância. Isso é uma regra geral”, explicou.

Segundo ele, a inexistência de uma oposição na Câmara dos Vereadores torna a situação ainda mais problemática. “A função das oposições nos regimes democráticos é muito de fiscalizar e criticar as ações do governo, exercendo certa função de controle sobre o poder. E se o sistema não permite a existência da oposição, ele continua operando de modo próprio, sem nenhum controle da população, que favorece todo tipo de arranjo.”

O município de Mato Queimado tem uma economia majoritariamente agrícola e um Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (Idese), de 0,739 (segundo dados de 2009). O índice, medido pela Fundação de Economia e Estatística do Rio Grande do Sul, avalia a educação, a saúde, a renda e o saneamento de cada um dos 496 municípios gaúchos.

O Idese de Mato Queimado, que está abaixo da média estadual de 0,776, coloca o município na 132ª posição. Mesmo comparando apenas com os 11 municípios da microrregião de Cerro Largo, onde se situa a cidade, o Idese de Mato Queimado está abaixo da média, de 0,757, e é apenas o sétimo colocado, atrás de Caibaté, que tem índice de 0,746.

Segundo a prefeitura, o município tem quatro escolas públicas (sendo duas municipais) e cinco postos de saúde, que atendem a pequenas emergências. Caso haja problemas médicos mais graves, o município mantém convênios com hospitais em municípios vizinhos maiores e três ambulâncias para transportar os pacientes.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), das 620 casas do município, 601 são conectadas a uma rede de abastecimento de água e 615 têm energia elétrica. O Produto Interno Bruto (PIB) per capita alcança R$ 13.431, e a renda média per capita nas famílias, R$ 573.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Remédios sem receita médica voltam a ser vendidos fora do balcão das farmácias

da Agência Brasil

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autoriza a partir de hoje (27) a venda de medicamentos isentos de receita médica em gôndolas de farmácias e drogarias de todo o país, ficando ao alcance direto do consumidor. A medida foi publicada no Diário Oficial da União.

De acordo com a resolução, os remédios de venda livre devem ficar em área separada da de produtos como cosméticos e dietéticos e devem ser organizados por princípio ativo para permitir a fácil identificação pelos consumidores.

O texto também exige que, na área destinada aos remédios de venda livre, sejam fixados cartazes com a seguinte orientação: “Medicamentos podem causar efeitos indesejados. Evite a automedicação: informe-se com o farmacêutico.”

Até então, uma resolução da Anvisa, publicada em 2009, obrigava a venda dos remédios isentos de prescrição médica atrás do balcão do farmacêutico. Por meio de nota, o órgão informou que a determinação foi amplamente questionada pelo setor e rendeu cerca de 70 processos judiciais. Nos últimos meses, 11 estados criaram leis estaduais e reverteram a proibição da venda nas gôndolas.

Um estudo, segundo a agência, demonstrou que a decisão de posicionar os remédios de venda livre atrás do balcão não contribuiu para reduzir o número de intoxicações no Brasil. O relatório apontou também uma maior concentração de mercado, que evidencia a prática da “empurroterapia” e prejuízo ao direito de escolha do consumidor.

Em abril deste ano, o tema foi submetido a uma consulta pública, que ficou aberta por um período de 30 dias. A maioria das contribuições, segundo a Anvisa, apontava para reverter a proibição. A agência reguladora promoveu também uma audiência pública sobre o assunto.

“A partir das evidências de que a resolução, no que diz respeito ao posicionamento dos medicamentos isentos de prescrição, não trouxe benefícios ao consumidor, a diretoria colegiada da Anvisa decidiu alterar a norma e permitir que os medicamentos de venda livre sejam posicionados ao alcance do consumidor nas gôndolas das farmácias e drogarias do país”, concluiu.

Policia Militar do Maranhão, abre inscrição para o CFO

A Policia Militar do Maranhão disponibilizou o edital para preenchimento de vagas no Curso de formação de Oficiais (CFO), com uma grande novidade, as inscrições foram regionalizadas, e podem ser feitas nas sedes dos Batalhões e Companhias Independentes, aos interessados de Chapadinha e região as inscrições serão feitas na sede da 4ª Companhia PM Independente, situada na Travessa XV de Novembro, s/n, Bairro São José em Chapadinha.

O Curso de Formação de Oficiais (CFO) destinado a formar Oficiais Policiais Militares ao nivel de 2º tenente, até o posto de Capitão PM, capacitandos para desempenhar atribuições de Comando, chefia e liderança sobre integrantes Militares, nos serviços operacionais afetos "a gerência de pessoal e de atividades meios no ambito administrativo e ações tiicamentes militares.

O Curso tem duração de 04 (quatro) anos, será realizado em tempo integral, sendo que no periodo da manhã sera na Academia de Policia Militar do Maranhão Gonçalves Dias, e a tarde na Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), serão oferecidas 26 (vinte e seis) vagas, sendo 22 (vinte e duas) para o sexo masculçino e 04 (quatro) para o sexo feminino.

Das Inscrições:
As inscrições poderão ser feitas de 2ª a 6ª feira, no horário das 08 as 12:00 horas e das 14 as 16:00 horas;

Das Taxas:

Além da taxa de inscrição para o vestibular da UEMA R$ 75,00, serão cobradas uma taxa adicional de R$ 40,00 (quarenta reais) para custeio dos testes de aptidão fisica.

Maiores informações pelo site http://www.vestibular.uema.br/, ou pelo fone: 0xx 98 3245 1102, e 3245 2756.

quinta-feira, 26 de julho de 2012

A escalada da violência em Chapadinha

Os índices de criminalidade após o fim período da ditadura no Brasil só tem aumentado e assustadoramente. Cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Recife e muitas outras, são reféns da criminalidade. Crianças são recrutadas como soldados para defender o tráfico de drogas e a praticarem assaltos e outros delitos e nas comunidades carentes e mais pobres a perspectiva de vida não passa dos 18 anos. Infelizmente nós ja somos vitima desta terrível realidade.

A cidade de Chapadinha tem crescido de forma extraordinária, e em consequencia tudo vem aumentando, inclusive a violência nesta cidade cresceu de forma assustadora, Homicidios, Tráfico de drogas, Assaltos, Roubos e principalmente violência no trânsito, é assustador o numero de pessoas que tiveram suas vidas ceifadas por causa do trânsito chapadinhense.

Enquanto a escalada da violência só tem aumentado nesta cidade, a quantidade de profissionais de segurança tem diminuido, em conversa com o Comandante da 4ª Companhia PM Independente o Major Edvaldo Mesquita, que é responsavel por 17 municipios, o mesmo me relatou suas dificuldades no tocante a material humano, todos os anos Policiais Militares estão se aposentando, e diminuindo o quantitativo da Unidade, pra se ter uma ideia o ultimo concurso feito para ingresso na Policia Militar do Maranhão foi realizado no ano de 2006.

O tráfico de drogas em Chapadinha vem contribuindo em grande parte para esta onda de violência, as forças policiais de nosso municipio tem combatido com mão de ferro, mais não tem sido suficiente para coibir esta prática delituosa.  O numero de usuários de substancias entorpecentes é assustador na cidade de Chapadinha, e em sua grande maioria são dependentes do Crack.

Penso que para combater a ascensão do crime e abortar sua organização a nível nacional, alguns quesitos da legislação brasileira podem ser repensados, como a criação de uma única corporação policial, a questão da proteção a menores infratores, que sinceramente é uma brincadeira, que poderiam ser julgados independentes da idade, o mapeamento de áreas de risco, com inserções policiais constantes ou a criação de comandos dentro das próprias comunidades, com aval do poder jurídico, através de mandatos de busca e apreensão coletivos e combate a corrupção, sem a interferência de pessoas poderosas que lucram com a criminalidade, que estão mais interessados em política e dinheiro fácil.

O povo de Chapadinha já não aguenta tamanha violência, e espera uma solução por parte de suas autoridades, há uma grande calmor na população por soluções a este problema, chega de tanta violência, não podemos continuar refem desta loucura. 

Corte de encargos deve reduzir em 10% tarifa elétrica, diz ministro

Lobão disse que governo enviará MP para prorrogar concessões ao setor. 'Encargos setoriais serão extintos. Este é o caminho para fazer cair preço'.

O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, afirmou nesta quarta-feira (26) que o governo enviará ao Congresso Nacional uma Medida Provisória para cortar todos os encargos do setor elétrico e prorrogar as concessões no setor, o que poderá provocar redução de 10% na tarifa do consumidor. A MP deve ser encaminhada em até 30 dias.

“Estamos trabalhando intensamente em uma Medida Provisória de alteração das concessões, prorrogando por mais uma vez as concessões de energia elétrica, mas tudo isso com o princípio mantido da modicidade tarifária, que será intenso. Os encargos setoriais serão extintos. Este é o caminho para realmente fazer cair o preço da energia”, afirmou o ministro.

  Segundo o ministro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) está estudando o impacto que o corte nos encargos terá na conta de energia do consumidor e da indústria. O governo espera redução de cerca de 10%.
 
“A redução que nós estamos prevendo e que está sendo examinada, avaliada e calculada pela Aneel pode vir a ser de 10% ou um pouco mais [para o consumidor e a indústria]”, disse Lobão.
O governo, afirmou o ministro, está tentando “retirar os obstáculos” do setor.

“A energia, na origem, na geração, é barata, mas ao longo do caminho ela vai encarecendo. O que nós estamos fazendo basicamente é retirar os obstáculos do meio do caminho para que ela chegue na ponta por um preço mais barato”, disse.


Priscilla Mendes Do G1, em Brasília

Diário Oficial publica inclusão de remédios contra câncer de mama e hepatite C no SUS

da Agência Brasil
Portarias publicadas hoje (26) pelo Ministério da Saúde no Diário Oficial da União regulamentam a incorporação do medicamento trastuzumabe, usado no combate ao câncer de mama, no Sistema Único de Saúde (SUS). O remédio de alto custo reduz as chances de reincidência da doença e diminui em 22% o risco de morte das pacientes. A rede pública tem 180 dias para iniciar a distribuição dos medicamentos.

De acordo com as Portarias nº 18 e nº 19, o trastuzumabe só poderá ser usado em hospitais da rede pública habilitados em oncologia e será indicado para o tratamento de câncer de mama inicial ou avançado de maneira localizada, com exigência de exame molecular para confirmação do diagnóstico.

Já a Portaria nº 20, também publicada hoje, regulamenta a incorporação no SUS dos medicamentos telaprevir e boceprevir, usados no combate à hepatite C. O ministério informou que os remédios (inibidores da enzima protease) são considerados mais modernos e eficazes e devem beneficiar cerca de 5,5 mil pacientes com cirrose e fibrose avançada. O prazo para a distribuição na rede pública também foi estipulado em 180 dias.

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Cidadão tem papel fundamental na fiscalização do processo eleitoral, diz secretário-geral do TSE

Personagem central do processo eleitoral, o cidadão também deve desempenhar papel decisivo na fiscalização das eleições, segundo o secretário-geral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o juiz Carlos Henrique Braga. Segundo ele, apesar de a Justiça Eleitoral estar presente em todo o território nacional, ela não consegue estar ao mesmo tempo nos 5.568 municípios onde serão escolhidos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores no próximo dia 7 de outubro.

Segundo ele, desde o início do processo, o eleitor deve acompanhar os passos dos candidatos e colaborar para a lisura do pleito. “O grande desafio da Justiça Eleitoral é garantir o processo de escolha completamente isento, sem qualquer mácula”, disse. “Então, temos ressaltado a importância do eleitor. Portanto, após deflagrado o processo eleitoral, o eleitor tem como utilizar de mecanismos que possibilitem a fiscalização”, completou Braga.

“Se o eleitor vir um cartaz colado em uma árvore, por exemplo, ele já pode acionar a Justiça Eleitoral. Em todos os sites da Justiça Eleitoral estamos ressaltando isso, em todos os estados temos os tribunais regionais, em todos os tribunais no estados temos as ouvidorias e os links para as reclamações. No TSE, por exemplo, temos a Central do Eleitor, muito utilizada para essa finalidade”, exemplificou o secretário-geral do TSE.

Nas eleições municipais, o juiz eleitoral de cada cidade tem papel fundamental na fiscalização do processo. Ele é responsável por receber as denúncias e aplicar as penalidades. A comunicação ou denúncia à Justiça Eleitoral também pode ser feita por e-mail e diretamente ao promotor de Justiça Eleitoral. Além dos canais disponíveis no âmbito da Justiça eleitoral, o cidadão também pode fazer denúncias às polícias Civil e Militar.

Os tribunais regionais eleitorais também atuam na fiscalização, como uma espécie de segunda instância. Para facilitar a interação com o eleitor, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Rio de Janeiro, por exemplo, desenvolveu um sistema que permite ao eleitor fotografar irregularidades e enviá-las ao órgão para que sejam tomadas as devidas providências. “Neste momento, a fiscalização do eleitor já pode ser nas campanhas”, ressaltou Braga.

Como órgão máximo da Justiça Eleitoral, o TSE também fiscaliza todo o processo. Mas nas eleições municipais, cabe ao órgão dar a palavra final aos recursos que chegam à corte. Por isso, o secretário-geral do TSE recomenda aos eleitores que, primeiramente, façam suas eventuais denúncias ao juiz eleitoral ou ao promotor da Justiça Eleitoral para que a respostas ocorram de forma mais célere.

DA Agencia Brasil

Eduardo Sá, confirma candidatura a Vereador de Chapadinha

Eduardo Sá protocolando documentação no Cartorio Eleitoral de Chapadinha
Em conversa com o candidato a vereador de Chapadinha Eduardo Sá, o mesmo me afirmou que é candidato a vereador da cidade de Chapadinha nas eleições de 2012, o Erro ducumental ocorrido já foi revisto por seu advogado o Dr. Eneas Garcia fernandes Netos,  do escritorio de MArcos Coutinho Lobos e Advogados Associados, que interpos Recursos junto ao orgão competente, o que viabiliza a candidatura de Eduardo Sá.


O Jovem empresário Eduardo Sá vem despontando no cenário da politica Chapadinhense como um dos mais conceituados candidatos, a aceitação de seu nome por parte da população é enorme, o  que tem incomodado um monte de gente, que não querem aceitar uma renovação na politica partidária de Chapadinha, o nosso povo é inteligente e sabe escolher o melhor, e a proposta do Candidato Eduardo Sá mostra um compromisso com a população de nosso municipio.

Dentre os projetos apresentado pelo candidato Eduardo Sá, há muitas ações voltadas para a juventude de Chapadinha, projetos voltados para o esporte, a cultura, a profissionalização de nossos jovens, são pessoas com estas intenções que nós precisamos, e é de gente jovem que a camara municipal de Chapadinha está precisando.

Então está confirmado Eduardo Sá é sim candidato a Vereador na cidade de Chapadinha pela Coligação Por Amor a Chapadinha, através do Partido Renovador Trabalhista - PRTB  , e irá concorrer com os demais nas eleições de 2012, e não adianta essa conversa fiada por que o homem é candidato, e está na briga por uma vaga na camara de vereadores de Chapadinha.

Acidentes com vitima fatal, e homicidios na cidade de Buriti

Ontem por volta das das 19:00 horas no povoado Taboquinha Municipio de Buriti, uma camionete Hilux que transportava em sua carroceria uma moto de cor prata, atropelou o Sr. Carlos Lima dos santos de 65 anos, o mesmo veio a falecer no local, a camionete tomou destino ignorado.

Já no povoado Alegre distante 05 (cinco) Km daquele municipio, 04 (quatro) elementos fortemente armados, pararam a VAn do Sr Kélssio irmão do falecido Cleones, e simularam um assalto, os mesmo executaram a tiros Antonio Rocha 55 anos, vulgo Tonico Cigano, e seu filho Carlitos Gomes da Rocha de 27 anos.

As vitimas residiam no Bairro recanto dos Passaros, e foram executadas com vários tiros na face e no pescoço, segunda suspeita-se os crime de hoje tem relação com um homicidio ocorrido no dia 30 de junho na rua do Periquito, no bairro recanto dos dos Passaros, onde foi morto Evaldo ferreira Lima conhecido Galego o Rei do Crack.

Urgente, duas pesoas foram mortas em Van de Chapadinha

Por volta das 05:30 horas de hoje 04 quatro elementos executaram a tiros duas pessoas no povoado Alegre municipio de Buriti - MA, viaturas da policia Militar e da policia Civil daquele municipio deslocaram-se até o local e constataram a veracidade das informações.

Quando as viaturas chegaram encontraram os dois já sem vidas, colhendo informações descobriram que tratava-se de dois ciganos residente no bairro Recanto dos passaros na cidade de Chapadinha, os mesmos se deslocavam para a cidade de Teresina na Van do Cleones, as vitimas eram pai e filho.

Os corpos já foram removidos para a cidade de Chapadinha em uma ambulancia da cidade de Buriti, segundo informações de pessoas que encontravam-se na Van, um dos elementos que efetuaram os disparo disse a seguinte frase: " Tu matou meu irmão, e agora tu vai pro inferno", maiores informações daqui a pouco.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Rádio, uma paixão dos Brasileiros

Hoje quando acordei por voltas 05:00 horas me veio um monte de pensamentos, comecei a lembrar de minha infância, e até parece que estava ouvindo a Radio Nacional da Amazônia, fiz um feedeback e as lembraças me levaram até meu pai que sempre acordava cedo e ligava o seu rádio (SEMP Jaboti) e era ao som do rádio que ele começava o seu dia, hoje ainda continuo ouvindo rádio, e agora pouco quando estava ouvindo o amigo Luis Carlos Jr. e Leo Castro, me veio a inspiração para este post.

O rádio para mim, além de um simples veículo de entretenimento foi na minha infância, um professor amado e respeitado. Filho de pai lavrador e residia no interior do PIAUI, cresci como ouvinte dedicado ao rádio do amanhecer ao anoitecer. A televisão naquela época ainda era um luxo distante e só conhecida através das revistas “O Cruzeiro” e pelo noticiário do “Repórter Esso”.

 Lembro-me do dia em que meu pai, afagou-me a cabeça e disse-me que eu deveria imitar os locutores de rádio. Eles eram modelos perfeitos. Tudo quanto eu precisava fazer era repetir suas falas incontáveis vezes até perceber que era capaz de falar com desenvoltura e sem atropelar as palavras. Ensinou-me a respirar profundamente, saborear as palavras, degustá-las sem pressa. Foi deste modo, sem se dar conta, que ele preparou-me para adentrar um universo profissional, que me seria impossível conhecer de outro modo.

Quem nunca ligou o rádio depois de um dia de trabalho, o som em uma estação qualquer e de repente se viu envolvido pela tradução daquelas músicas românticas, que de tão melosas levariam um diabético à UTI? Mais que isso, cantou junto, se empolgou e logo em seguida deixou escapar um “será mesmo que ainda funciona?” ao escutar o locutor listar em tom sensual telefones de gente em busca de um relacionamento?


Se a resposta foi um sorriso encabulado, você faz parte do clube dos românticos enrustidos, que não admitem, mas no fundo guardam uma pontinha de esperança de que o amor pode mesmo estar em todo lugar. Na epoca de minha infância além de uma grande diversão o rádio também servia, para transmitir recados, dar e saber noticias de parentes distnates, além de ser o principal veiculo de informação, a quem a população do interior tinha acesso.


Edelson Moura e Marcia Ferreira

Como não de grandes comunicadores, Edelson Moura, José Carlos Araújo, Jorge Cúri, Valdir Amaral, Artemisa Azedo, Marcia ferreira, dentre tantos que com as suas vozes faziam a nossa imaginação voar, Grandes histórias nunca morrem. Grandes comunicadores também não. Verdadeiras lendas vivas ainda fazem parte da comunicação ratificando o sucesso como tesouros da história para sempre.

Hoje diante de tanta comunicação, seja ela via Internet, Televisão, Celular, Jornais, o rádio ainda continua o seu papel de entreter seus ouvintes, um exemplo deste fenomeno é o programa Direto ao Assunto da Rádio Mirante AM de Chapadinha, que para muitos é quase como uma idolatria ouvir o que os apresentadores tem para falar, isso é exemplo de paixão pelo rádio.

A era de ouro do rádio brasileiro vai dos anos 1930 ao final dos anos 1950. Nesse período, a radiodifusão no Brasil é feita com muito idealismo, paixão e participação na vida brasileira.O rádio trouxe grandes benefícios culturais, sociais e políticos ao País. Fortaleceu o sentido de nação e consolidou a própria língua portuguesa falada no Brasil, dando-lhe mais homogeneidade na pronúncia, sem lhe destruir as peculiaridades regionais.
Apesar das numerosas dificuldades econômicas enfrentadas pela maioria das emissoras de rádio, naquele período, a comunicação radiofônica cobriu todo o vasto território nacional, contribuindo significativamente para a integração cultural, a formação e uma nova consciência democrática e para o amadurecimento político do nosso Brasil.


Percentual de famílias com dívidas aumenta pelo segundo mês consecutivo, diz pesquisa

da Agência Brasil
O percentual de famílias com dívidas chegou a 57,6% em julho, significando alta pelo segundo mês consecutivo, de acordo com a Pesquisa Nacional de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) divulgada hoje (24) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Em junho, o percentual era 57,3%.

Ainda assim, o número de famílias que relataram ter dívidas é menor em comparação a julho de 2011, quando 63,5% das famílias haviam declarado ter dívidas. A pesquisa considera como dívida cheque pré-datado, cartão de crédito, carnê de loja, empréstimo pessoal, prestação de carro e seguros.

A pesquisa mostra, no entanto, que o percentual de famílias inadimplentes (com dívidas e contas em atraso) vem caindo desde o início do ano e recuou de 23,2%, em junho, para 21%, em julho. O percentual de famílias que declararam não ter condições de pagar as contas ou dívidas atrasadas (no próximo mês e vão continuar inadimplentes) também caiu - de 7,5% para 7,3%.

Apesar da leve alta no número de endividados, a economista da CNC, Marianne Hanson, explicou que a pesquisa aponta tendência significativa de queda na inadimplência e de melhora na percepção da capacidade de pagamento, com redução na proporção de famílias sem condições de pagar as contas em atraso.

“A parcela que se declarava muito endividada caiu muito no primeiro semestre. As famílias se endividaram um pouquinho, mas isso não se refletiu na inadimplência. O endividamento em si não é um problema, se os consumidores estiverem pagando as dívidas.”

O estudo mostra que 14,1% dos entrevistados estão muito endividados em julho, percentual superior a junho (12,4%). Porém, menor em relação a julho do ano passado (17,8%). O aumento do número de endividados, entretanto, pode acabar limitando a queda dos inadimplentes, segundo a economista. “Precisamos observar como vai se comportar esse consumidor com taxas de juros mais baixas, incentivos fiscais e o mercado de trabalho ainda muito aquecido”, comentou.

Na faixa com renda inferior a dez salários mínimos, o percentual de famílias com dívidas teve leve alta, alcançando 58,6% em julho, ante 58,2% em junho. Para as famílias com renda acima de dez salários mínimos, o percentual de endividadas passou de 49,9%, em junho, para 50,5%, em julho.

Apesar do aumento no número de famílias endividadas em ambas as faixas de renda, diminuiu as famílias com contas ou dívidas em atraso nas duas faixas avaliadas.

De acordo com a pesquisa, 71,8% das famílias endividadas apontaram o cartão de crédito como a principal dívida, seguido por carnês de lojas (19,4%) e o empréstimo pessoal (10,7%). A pesquisa ouviu cerca de 18 mil consumidores em todas as capitais do país.

Operadoras punidas podem retomar venda de novas linhas de celular em 15 dias

O ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, estimou hoje (24) em 15 dias o prazo para que a solução dos problemas com as operadoras TIM, Claro e Oi esteja encaminhada e a venda das linhas de telefonia celular e internet seja retomada.

“Não vamos resolver isso em 15 dias, mas achamos que neste prazo é possível ter um plano [plano de ação apresentado pelas operadoras] e compromissos públicos que sinalizem para a solução do problema. Aí autorizaremos a venda de novas linhas condicionada ao cumprimento desse compromisso”, disse Paulo Bernardo, após despachar com a presidenta Dilma Rousseff, no Palácio da Alvorada.

Segundo o ministro, os planos de trabalho para melhorar a qualidade dos serviços de telefonia que terão de ser apresentados pelas três empresas serão divulgados na internet para que os consumidores acompanhem se as medidas para melhorar a qualidade dos serviços estão sendo cumpridas.

As empresas foram proibidas pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) de comercializar linhas de telefonia celular e internet em função da má qualidade dos serviços prestados. A medida começou a valer ontem (23) em 19 estados para a operadora TIM, em cinco para a Oi e em três para a Claro. Depois que a Anatel aprovar o plano de ação apresentado das empresas, com medidas capazes de garantir a qualidade do serviço, as vendas poderão ser retomadas.

“Assim que os planos estiverem bem articulados, vamos autorizar a venda e fazer um acompanhamento e, mais do que isso, o público poderá acompanhar porque vamos colocar no site da Anatel os compromissos que as empresas vão assumir. Vamos fazer a liberação e vamos acompanhando”, disse Paulo Bernardo.

O ministro informou que a operadora que apresentar seu plano primeiro pode ter as vendas liberadas antes das demais.

Para ele, a proibição imposta às empresas é uma medida “muito forte e muito dura”, mas inevitável. Era preciso dar “um freio de arrumação” no setor, ressaltou Paulo Bernardo. Segundo ele, a presidenta Dilma Rousseff manifestou preocupação e quer a rápida solução do problema.

Com informações da Agencia Brasil




domingo, 22 de julho de 2012

Até onde vai a liberdade de imprensa? Quais suas consequências?

Nos últimos tenho observado que a grande maioria dos blogs Chapadinheneses de uma forma ou de outra sofreram alguma ação da justiça, na grande maioria tem que retirar textos publicados.Por mais que se diga que não pode existir democracia sem uma imprensa livre e que a nossa liberdade depende da liberdade de imprensa, existe uma série de fatores que vêm impor limites nessa questão. São leis, asseguradas pela Constituição Federal, que garantem, antes de tudo, o direito do cidadão. Uma questão bastante pertinente, que, no entanto, é esquecida e até desconhecida por alguns profissionais da comunicação, é o direito de imagem.
Na verdade aqui em Chapadinha alguns estão fazendo jornalismo sem a menor ideia do que seja isto, ou seja cria-se um blog e sai escrevendo o que bem entende, e as consequencias irão aparecer.  A ideia de não respeitar a imagem da pessoa, a ideologia, a vida particular até parece ser o que mais atrai alguns blogueiros.

Segundo a constituição Federal, entende-se que o direito à imagem é um dos direitos de personalidade dos quais todos os seres humanos gozam, facultando-lhes o controle do uso de sua imagem. É assegurado pela Constituição Federal em seu artigo 5º, inciso X que diz o seguinte:
“São invioláveis a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas, assegurado o direito a indenização pelo dano material ou moral decorrente de sua violação.”
Em casos onde o cidadão tenha supostas pendências a serem resolvidas com a justiça, a exposição de sua imagem pode vir a colocá-lo diante de um julgamento midiático. Aquele que é investigado, automaticamente já é condenado publicamente antes mesmo de ser julgado. A execração pública já é por si só uma grande pena ao cidadão que ainda está na condição de suspeito.

Transgressores continuam violando a lei
Ao mesmo tempo em que a Constituição de 1988 contempla a liberdade de imprensa de uma forma ampla e veda qualquer tipo de censura, a mesma Constituição diz que emissoras de rádio e televisão atenderão dentre outros, o princípio do respeito aos valores éticos e sociais da pessoa e da família (Art. 221, inciso IV da Carta Magna).

É algo em vão afirmar que é de interesse público que tal imagem seja divulgada, pois o suspeito representa um possível perigo para a sociedade. Pois, uma vez que este ainda está na condição de suspeito, pode se afirmar que ele é inocente. (Art. 5°, inciso LVII). O Direito brasileiro adota o princípio da presunção da inocência e do in dubio pro reo – todos são inocentes até que se prove o contrário e havendo dúvida o réu é inocentado. Ao exercer a liberdade de imprensa, sabe se que haverá, sim, a colisão com os direitos fundamentais e estes prevalecerão por si.

Por fim, o órgão de imprensa, ao expor a imagem de determinada pessoa sem o seu devido consentimento, acaba por assumir todos os riscos e responsabilidades legais sobre tal ato. Algunguns blog tem feito isso sem o menor receio das consequencia. Tenho ouvido isso constantemente sobre não noticiar informações do governo municipal, alguns afirmam que sou oposição, já a oposição por eu não veicular noticiais de seus interesses afirmam que sou da situação. Minha Mão em sua ampla sabedoria me ensinou muitos valores, dentre esses o respeito as pessoas independente de quem sejam, e vou continuar fiel as minhas convicções, sem colocar as paixões em meus textos, exceto quando o texto fizer referencia a minha familia, musica ou futebol. Quero continuar imparcial.              

Maior parte dos estados e municípios não tem Plano de Gestão de Resíduos Sólidos

da Agência Brasil
Brasília - A maior parte dos estados e municípios brasileiros ainda não elaborou seu Plano de Gestão de Resíduos Sólidos, apesar de o prazo para concluir o projeto – que deve indicar como será feito o manejo do lixo em cada localidade – estar próximo do fim. A partir de 2 de agosto, a cidade que não tiver o planejamento fica impedida de solicitar recursos federais para limpeza urbana. Segundo o Ministério do Meio Ambiente, até o momento houve apenas 47 pedidos de verba para construção dos planos, entre solicitações de administrações municipais e estaduais.

Como não é obrigatório pedir auxílio da União para elaborar os planejamentos, pode haver projetos em curso dos quais o ministério não tenha ciência. Mas a avaliação do órgão é a de que o interesse pela criação dos planos de gestão é baixo, mesmo que se leve em conta estados e municípios atuando por conta própria. “O pessoal tinha outras demandas e foi deixando de lado. Agora o prazo está se esgotando e a maioria não elaborou [o projeto]”, diz Saburo Takahashi, gerente de projetos da Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente.

As cidades e unidades da Federação tiveram dois anos para construir seus planos de manejo de resíduos, cuja criação está prevista na Lei n° 12.305/2010, que instituiu a Política Nacional de Resíduos Sólidos. As consequências do pouco comprometimento com a exigência federal poderão ser sentidas cedo por estados e municípios. “De acordo com a legislação, até 2014 devem ser eliminados todos os lixões do Brasil. Para isso, será preciso implantar aterros sanitários, o que não se faz da noite para o dia. As cidades e estados que não tiverem plano de gestão não vão poder solicitar recursos para fazer isso”, destaca Takahashi.

O represente do ministério reconhece, porém, que a verba disponível para ajudar municípios e unidades da Federação a elaborar os planos é escassa. No ano passado, houve destinação de R$ 42 milhões para essa finalidade, dos quais R$ 36 milhões foram usados. Este ano não foi disponibilizado dinheiro, e o governo federal limitou-se a liberar os R$ 6 milhões que não haviam sido executados em 2011.

Saburo Takahashi ressalta, no entanto, que o ministério redigiu um manual de orientação para ajudar prefeitos e governadores na elaboração do plano, disponível no site do órgão (www.mma.gov.br). Além disso, a pasta firmou convênio com a e-Clay, instituição de educação a distância que pode treinar gratuitamente gestores para a criação do plano de manejo. Interessados devem entrar em contato pelo telefone (11) 5084 3079.

A pesquisadora em meio ambiente Elaine Nolasco, professora da Universidade de Brasília (UnB), considera positiva a capacitação a distância, mas acredita que para tornar a gestão de resíduos uma realidade é preciso mais divulgação desse instrumento, além da conscientização sobre a importância do manejo do lixo. “Tem que haver propaganda, um incentivo para as pessoas fazerem isso [o curso]”, opina. Elaine acredita que a dificuldade para introdução de políticas de manejo – como reciclagem e criação de aterros sanitários – atinge sobretudo os municípios pequenos, com até 20 mil habitantes. “Faltam recursos e contingente técnico nas pequenas prefeituras”, destaca.

O vice-presidente da Associação Brasileira de Resíduos Sólidos e Limpeza Pública (ABLP), João Zianesi Netto, também avalia que faltou capacitação e conscientização. “Alguns [Não criaram o plano] por ignorância, outros por desconhecimento técnico. Em muitos municípios de pequeno e médio porte, a destinação dos resíduos é gerenciada por pessoas que não têm a formação adequada. Além disso, há uma preocupação de que quando você começa a melhorar a questão ambiental você aumenta os custos”, afirma.
O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziluldoski, reclama da falta de auxílio financeiro para que as prefeituras cumpram as determinações da Lei n°12.305. Segundo ele, são necessários R$ 70 bilhões para transformar todos os lixões em aterro sanitário, até 2014. “Isso equivale à arrecadação conjunta de todos os municípios do país. Quando acabar o prazo, os prefeitos estarão sujeitos a serem processados pelo Ministério Público por não terem cumprido a lei”, disse. De acordo com ele, a estimativa da CNM é que mais de 50% das cidades brasileiras ainda não elaboraram os planos de gestão de resíduos.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

O fim de semana promete

Este fim de semana promete na Chapada das mulatas, um monte de eventos prometem deixar a cidade mais alegre, e principalmente divertida, vejamos:

Chapadinhamente nós
Comeca hoje a programação do movimenmto Chapadinhamente Nós, a tarde na igreja Matriz vai acontecer uma missa, a noite cultural acontecerá no abrigo central, com Homenagens aos primeiros médicos de Chapadinha, Lançamento de livro, e um grande show com o cantor George. Amanhã acontecerá o tradicional baile no espaço Cris Eventos e será animado pela banda os dragoes da cidade de Piripíri.

retorno do Galo da Chapada:
Neste domingo acontecerá no estádio Lucidio frazão um amistoso entre o time do Galo da Chapada e a seleção da cidade de Anapurus, este jogo marca o inicio dos treinamentos do Chapadinha F.C. para o campeonato da 2ª divisão do futebol Maranhense com inicio previsto para o mes de agosto.

X-Trume de Férias:
Amanhã (sabado) acontecerá o X-Trume de férias com a participação de 32 atletas, o evento acontecerá na quadra de areia da Associação Cangaia, e será disputado na modalidade Indoor (4x4), a espectativa para este evento e grande, os interessados em participar deverão procurar a comissão organizadora nos Cangaias apartir das 16:oo horas desta sexta, hoje vai acontecer uma reunião para serem repassados aos participantes o regulamento.

O fim de semana Chapadinhense é isso muita diversão, encontro de amigos, renascimento de velhas paixões, etc, motivos para diversão é o que não irá faltar, agora é se programar e boa diversão.

Candidatos, eleitores e partidos políticos descobrem força da internet nas eleições

da Agência Brasil


Embora a televisão ainda seja o principal veículo para informação de quem vai votar, os eleitores, os partidos políticos e os candidatos descobriram a força da internet e das mídias sociais e pretendem usá-las com intensidade nesta campanha.

Em cidades com mais de 200 mil eleitores, onde o acesso é mais fácil, a internet será usada “cada vez mais” pelos políticos, disse à Agência Brasil o diretor de Atendimento e Planejamento do Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Iprespe), Maurício Garcia. Para ele, isso será possível pelo crescimento do uso de telefones celulares de banda larga e dos tablets, dispositivos portáteis de acesso a internet.

Garcia ressaltou, porém, que o eleitor não forma, necessariamente, opinião a partir do acesso a páginas de partidos ou candidatos. “Isso acontece quando as informações estão disponíveis em grandes portais ou em ferramentas como o Twitter, quando um amigo que acompanha coloca alguma informação que desperta a curiosidade da pessoa.”

Ele lembrou, no entanto, que, quanto menor a cidade e maior a dificuldade de acesso ao conteúdo de internet, mais pesa na formação de opinião do eleitor a propaganda eleitoral no rádio e na televisão. De acordo com Garcia, nessas localidades, existem outros fortes formadores de opinião, como padres e pastores e líderes sindicais.

A busca crescente de informações na internet é constatada também em sites oficiais. Em Minas Gerais, segundo maior colégio eleitoral do país, com 15 milhões de eleitores espalhados por 853 municípios, a busca por informações no site do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do estado mais que dobrou da última eleição municipal, em 2008, para cá.

Levantamento feito pelo coordenador de comunicação do TRE-MG, Rogério Tavares, mostra que, há quatro anos, 98 mil mineiros procuraram se informar sobre o pleito na página do tribunal, entre 16 de junho e 17 de julho. No mesmo período deste ano, este número pulou para 222 mil acessos individuais.

“Denúncias de propaganda irregular e informações sobre o partido político e as normas das eleições concentram o maior número de acessos”, disse Tavares. Entretanto, é grande o número de eleitores, especialmente da capital, Belo Horizonte, e de Uberlândia segunda maior cidade mineira, que buscam os dados dos candidatos, declarações de bens, por um link – porta de acesso a outra página – do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

No TRE de Goiás, até agora, os conteúdos mais acessados foram os de serviços como retirada de certidões negativas criminais, filiações e inscrições do eleitor para ser mesário voluntário no dia do pleito. Segundo o coordenador da seção de Intranet e Internet do Tribunal, Rafael Didma, este ano “o pico” de entradas no site ocorreu entre janeiro e maio. Neste período, a média padrão de 70 mil buscas pulou para 140 mil por causa do recadastramento biométrico. Com 246 municípios, o estado concentra 4,2 milhões de eleitores.

No Acre, o uso da internet para fornecer dados sobre os candidatos ainda é incipiente. A três meses e meio das eleições a coordenadora da Corregedoria Regional Eleitoral Maria Arlete Freire de Souza, admitiu que no site oficial estão “disponibilizadas apenas informações gerais de interesse do eleitor”.

Segundo Arlete, há dois canais disponíveis: a ouvidoria, para que o eleitor reclame de algum serviço que tenha demorado, e o de materiais informativos sobre a legislação eleitoral. Informações mais abrangentes sobre as eleições serão disponibilizadas ao eleitor somente em 24 de setembro por uma linha telefônica 0800, disse ela.

Em São Paulo, maior colégio eleitoral do país, com 31.229. 307 eleitores, muitos já têm o hábito de se atualizar em termos de campanha eleitoral consultando a internet. A publicitária Aline Sales, por exemplo, diz que se informa pela internet por falta de tempo para usar outros meios. “Quando chego ao trabalho, aproveito para ler as notícias. Pela correria, às vezes, não dá para assistir televisão, ouvir rádio, ler jornal, e a internet é o meio mais acessível.” Para Aline, a internet é o melhor meio para o eleitor se informar sobre os candidatos.

O projetista Theo Egami, porém, diz que procura saber mais sobre os candidatos conversando com amigos e parentes, mas também busca opiniões nas salas virtuais de bate-papo. “Acredito que é bom ver em fóruns, para ficar mais informado, ouvir rádio, estar atento ao dia a dia. Quando tenho tempo, costumo ir atrás de mais informações, mas depende muito do momento.”

O analista de cadastro Danilo Araujo afirma que confia mais no que lê na internet do que vê na televisão. "Me informo pela internet, fóruns de internet, discussão com amigos. Menos pela televisão, porque na televisão é tudo mentira.” Segundo Danilo, é mais fácil manipular informações pela televisão e pelo jornal impresso.

“Na internet, tem um leque muito maior, e a informação chega muito mais fácil. Se algum político faz alguma coisa errada, na mesma hora já tem cinco ou seis opções na internet para analisar e tirar uma conclusão", disse ele.

quinta-feira, 19 de julho de 2012

TIM, Oi e Claro terão vendas interrompidas em vários estados a partir de segunda-feira

da Agência Brasil

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) anunciou hoje (18) que a partir de segunda-feira (23) estará suspensa a comercialização de linhas de telefonia celular e internet em 19 estados para a operadora TIM, cinco estados para a Oi e três para a Claro. A liberação da venda está condicionada à apresentação de um plano de investimentos em até 30 dias para a Anatel, que deve tratar principalmente da qualidade da rede, completamento de chamada e diminuição de interrupção de serviços.

“Embora seja medida extrema, é importante para fazer uma arrumação do setor. Queremos que empresas deem atenção especial à qualidade da rede”, disse o presidente da Anatel, João Rezende. Ele também argumentou que o aumento do número de clientes deve ser acompanhada do aumento da qualidade dos serviços. As empresas que não cumprirem a decisão de suspensão das vendas deverão pagar multa de R$ 200 mil por dia.

Cada estado terá apenas uma operadora suspensa. Para a Claro, haverá suspensão em Santa Catarina, Sergipe e São Paulo. Para a operadora Oi, a proibição vai ser nos estados do Amazonas, Amapá, de Mato Grosso do Sul, Roraima e do Rio Grande do Sul. Na TIM, não poderão ser feitas novas vendas no Acre, em Alagoas, na Bahia, no Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, em Goiás, no Maranhão, em Minas Gerais, Mato Grosso, no Pará, na Paraíba, em Pernambuco, do Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, em Rondônia e no Tocantins.

As operadoras Vivo, Sercomtel e CTBC também deverão apresentar plano nacional, mas sem a suspensão dos serviços. Caso contrário, poderão sofrer uma ação da Anatel que, em último estágio, acarretará a suspensão dos serviços.

As empresas poderão recorrer ao Conselho Diretor da Anatel para pedir a suspensão da decisão. A Anatel deve receber as empresas a partir de amanhã (19) para tratar da questão.



quarta-feira, 18 de julho de 2012

Sete dias sem Ana Luiza


Hoje faz sete dias que faleceu a Policial Militar Ana Luiza, e a saudade entre aqueles que a conheceram é imensa, Ana que sempre foi uma pessoa iluminada, cheia de vida, batalhadora, e acima de tudo prestativa, exemplo de Profissional, Esposa, Mãe, Filha, Companheira, e principalmente um exemplo de cidadã.

A Visita de s[étimo dia aconteceu agora pela manhã, e as 17 horas será celebrada uma missa na igreja matriz de Urbano Santos, uma comitiva formada por Policiais Militares da sede da 4ª CI estará se deslocando até aquela cidade juntamente com seus familiares.

A Amiga Ana Luiza o que eu posso dizer é: “que ninguém parte enquanto permanecer vivo dentro de nossos corações, e você esta viva dentro de nós”, a saudade será eterna, mas o seu exemplo irá confortar o sentimento da perda, e a certeza de que você esta bem nos alivia.

A Polical Ana Luiza sempre foi destaque em suas ações, um exemplo de profissional, sempre atuante, sempre prestativa, e a solidariedade foi a sua marca registrada, o Proerd teve em você uma mutiplicadora, uma pessoa dedicada a prevenção as Drogas. Mas a vida segue e temos que dar continuidade ao seu trabalho. Descançe em paz. 

A você amiga e irmã deixo a frase de Renato Russo: “É Tão estranho os bons morrem jovens, assim parece ser quando me lembro de você, que acabou indo embora, cedo demais”.

Brasil tem os maiores juros de cartão de crédito da América Latina, aponta ProTeste

Os juros cobrados no cartão de crédito no Brasil são os maiores da América Latina, de acordo com levantamento divulgado ontem (17) pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (ProTeste). Por ano, o brasileiro, que efetua parte do pagamento da fatura, paga uma taxa média de 323,14%, quase seis vezes maior em comparação ao segundo colocado da lista - no caso o Peru, onde a taxa média anual é 55%.
Foram pesquisadas as taxas de juros nas operações de cartão de crédito de sete países da região. O terceiro colocado no ranking é o Chile com 54,24%, seguido pela Argentina (50%), pelo México (33,8%) e pela Venezuela (33%). Colômbia, por sua vez, apresentou a menor taxa, com 29,23%. Foram analisados, durante o mês de junho, 13 bancos e financeiras em sete países da América Latina.
Segundo Renata de Almeida, analista da associação, os indicadores econômicos dos países investigados não justificam a discrepância entre as taxas. “As diferenças econômicas não são significativas. Com isso, a gente vê que realmente as taxas aplicadas são exageradas”, avalia.
Para a ProTeste, os juros dos cartões de crédito deveriam seguir a trajetória da Selic, taxa básica de juros da economia, que caiu de 11% para 8,5% ao ano, de janeiro a junho. No mesmo período, em contrapartida, os juros cobrados pelos bancos cresceram de 237,9% para 323,14%. De acordo com a associação, a justificativa dos bancos brasileiros para o alto percentual é a inadimplência do consumidor.
A analista, no entanto, avalia que os juros “exorbitantes” são que agravam a inadimplência. “Nós aconselhamos ao consumidor que nunca pague o mínimo [da fatura do cartão de crédito] e, caso isso já tenha acontecido, que ele faça um empréstimo com banco para quitar essa dívida, porque os juros serão menores que os juros rotativos do cartão de crédito”, sugere a analista.
Renata Almeida criticou a falta de transparência dos bancos no fornecimento dos dados sobre as taxas. “Com a briga dos bancos pela redução dos juros, eles não informam com facilidade a taxa cobrada nos cartões de crédito. Muitas vezes, você só conhece a taxa real quando recebe a primeira fatura do cartão”, destacou. Segundo ela, os bancos e financeiras são obrigados a fornecer previamente esse tipo de informação.

Da Agência Brasil