terça-feira, 19 de junho de 2018

Homem que atirou em mulher e fez idosa refém na Cidade Operária é o mesmo que quase mata empresário em assalto no Anil

O empresário foi baleado durante um assalto, no dia 5 de maio deste ano, no bairro Anil, em São Luís.

O Departamento de Combate ao Crime Organizado, da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), identificou o autor da tentativa de latrocínio contra o empresário Otávio Ribeiro, de 36 anos, conhecido como “Tavinho”, o qual foi baleado no rosto durante um assalto no bairro do Anil, em São Luís. O crime aconteceu no dia 5 de maio deste ano.
Segundo a Seic, o autor da tentativa de latrocínio foi Jackson Makson dos Santos, o mesmo que baleou uma mulher no Jardim América e faz uma idosa de refém na Cidade Operária, na última terça-feira (12).

Segundo informações policiais, após ser reconhecido como autor da tentativa de latrocínio contra o empresário Otávio, Jackson Makson confessou o crime e afirmou que ficou nervoso durante o assalto e, por isso, disparou um tiro no rosto da vítima, a qual corre o risco de perder a visão.

Jackson Makson disse, ainda, que não agiu sozinho. Ele teve a ajuda de um comparsa que pilotava a moto no momento do crime. A polícia afirma que esse comparsa já foi identificado e deve ser preso nos próximos dias.

Jackson Makson dos Santos está preso desde o dia 12 de junho, após fazer uma idosa e o vizinho da mesma reféns, dentro de casa, na Unidade 205, no Residencial Ilhés, nas proximidades do Mateus da Cidade Operária.

Por Gilberto LIma

Acusado de estupro, assaltos e tráfico de drogas é alvejado cinco vezes durante vaquejada no PI

Na quinta-feira (19), um homem identificado como Antonio José foi baleado por um segurança em uma vaquejada na zona rural da cidade de La...