b

b

quarta-feira, 31 de maio de 2017

Polícia prende militares envolvidos no sumiço de policiais em Buriticupu

Por Luís Pablo


Soldado Alberto e cabo Júlio Pereira estão desaparecidos no Maranhão desde o dia 17 de novembro
A Polícia Civil prendeu ontem, dia 30, dois homens da Polícia Militar envolvidos no sumiço do soldado Alberto Sousa e o cabo Júlio César da Luz Pereira, que estão desaparecidos desde o dia 17 de novembro do ano passado, no município de Buriticupu.
A prisão foi pedida pela delegada Nilmar da Gama Rocha.

A Cúpula de Segurança Pública do Maranhão não passou mais detalhes sobre as prisões, mas emitiu um comunicado informando que irá se pronunciar na coletiva marcada para às 10h desta quarta-feira, dia 31, na sede da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), em São Luís.

Início do mistério:

No dia que desapareceu, o soldado Alberto se apresentou às 8h na 14º Companhia Independente da Polícia Militar. Ele nem chegou a cumprir todo o expediente, pois pediu ao seu superior para sair mais cedo.No dia seguinte, segundo a escala da polícia, o soldado estaria de plantão, mas não apareceu.
Informações de testemunhas davam conta de que ainda na noite do sumiço o soldado foi visto em companhia do cabo Júlio Pereira, que é lotado no município de Estreito, mas está de licença médica e, por isso, está morando em Buriticupu