b

b

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Bomba, Bomba e Bomba! Polícia Federal faz busca no avião de Edinho Lobão

 
Edinho Lobão

Uma equipe da Polícia Federal fez ontem à noite, busca no avião em que estava o candidato peemedebista ao Governo do Maranhão, Edinho Lobão. A abordagem da PF aconteceu no aeroporto da cidade de Imperatriz, quando Edinho ia cumprir sua agenda política.
Agentes federais revistaram a aeronave, os automóveis e os membros da comitiva do peemedebista, em busca de recursos ilegais de campanha. Mas nada de irregular foi encontrado.
A ação da Polícia Federal ocorreu após uma denúncia anônima de que no avião de Edinho Lobão, estaria sendo transportado dinheiro para compra de votos.
O presidente nacional do PMDB e vice-presidente da República, Michel Temer, emitiu uma nota repudiando a ação da PF. Na nota, Temer diz que foi uma “ação intimidatória” e que “no estado democrático de direito é inadmissível que forças policiais sejam instrumentalizadas para atingir candidaturas”.
Como se observa, o bicho está pegando nessa reta final de campanha.
Nota à imprensa
O diretório nacional do PMDB repudia a ação de integrantes da Polícia Federal, que abordaram de armas em punho a comitiva do candidato a governador do Maranhão, senador Edison Lobão Filho, no aeroporto da cidade de Imperatriz na noite desta quarta-feira.
Sob o pretexto de buscar recursos ilegais de campanha, foram feitas buscas na aeronave, nos automóveis e na bagagem dos membros da comitiva, numa ação intimidatória que, ao final, nada encontrou de irregular. O procedimento foi baseado em denúncia anônima durante o curso da disputa eleitoral intensa. No estado democrático de direito é inadmissível que forças policiais sejam instrumentalizadas para atingir candidaturas legitimamente constituídas.
Michel Temer
Presidente Nacional do PMDB

Por Luís Pablo