terça-feira, 7 de dezembro de 2021

Governo Flávio Dino prevê gasto de R$ 6,5 milhões com livros afro-brasileiros

 

Editora contratada por cifras milionárias pelo governo Flávio Dino.

O governo Flávio Dino (PSB) decidiu comprar 82.603 mil exemplares de livros afro-brasileiros para o ensino médio estadual.

A compra foi orçada em R$ 6,5 milhões e realizada pela Secretaria de Educação com a assinatura do secretário-adjunto Vitor Pflueger Pereira dos Santos.

Segundo os dados que foram publicados no Diário Oficial do Maranhão, o contrato de aquisição foi firmado de forma direta, ou seja, sem licitação, com a empresa G10 Editora, localizada no município de Euzébio, no Ceará.

O objeto contratual prevê o fornecimento de Acervo Bibliográfico sobre o tema História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena, com a finalidade de atender estudantes do ensino médio da Rede Estadual de Ensino.

Cada exemplar, que vem com o título “NÓS, BRASILEIROS História e cultura afro brasileira”, foi adquirido pelo Governo pelo valor de R$ 79,90.

No primeiro lote, foram comprados 41.302 mil unidades do livro com valor de R$ 3.300.029,80 milhões e no segundo, 41.301 mil, na quantia de R$ 3.299.949,90. O total chega na ordem de R$ 6.599.979,70 milhões.

A G10 Editora tem como sócio- administrador Ivofran Rodrigues Faria.

Via Neto Ferreira

Bandido é morto a tiro durante tentativa de assalto no Renascença, em São Luís

Um homem morreu ao tentar praticar assalto na rua das Avencas, no bairro do Renascença, em São Luís, no fim da noite deste domingo (25). De ...