r

r

segunda-feira, 12 de abril de 2021

Bagaceira nas sessões remotas da Justiça! Ministro de cueca, procurador peidando e advogado nu

Um advogado, até agora não identificado, que apareceu nu tomando banho, durante uma sessão de julgamento da 1ª Turma Criminal, ocorrida na última quinta-feira (08), deverá ser ouvido pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios ainda esta semana.
                          
A cena que causou constrangimento aos desembargadores foi transmitida por uma página da Corte nas redes sociais.
O advogado entrou na sessão online enquanto tomava banho completamente nu, em casa, no momento que o desembargador José Jacinto Costa Carvalho lia o seu voto na sessão de julgamento da 1ª Turma Criminal.

O desembargador Humberto Adjuto Ulhôa foi quem alertou: “tem um cidadão nu aí em frente ao painel. Que história é essa?”
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF) deve se manifestar sobre o episódio.

Soltando pum

Em julho do ano passado, as redes sociais foram surpreendidas com um peido soltado pelo eminente procurador de Justiça, Paulo Prado, durante a sessão virtual do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

O procurador que soltou o baita “pum” havia esquecido o microfone ligado no momento que o advogado Bruno Boaventura fazia uma sustentação oral.

Em seguida, o procurador pediu licença ao desembargador Márcio Vidal, que presidia a sessão, para se desculpar pelo peido involuntário.

O desembargador acolheu o pedido de desculpa e disse: “todos são seres humanos”.

Também em setembro do ano passado, o ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Néfi Cordeiro, apareceu só de cueca durante a transmissão de um julgamento virtual de uma sessão da Sexta Turma.

No vídeo, que viralizou na net, é possível ver o momento em que o magistrado se levanta para mexer no celular e está usando somente cueca, apesar de estar de camisa, gravata, paletó e toga.

Veja:

Os demais presentes na videoconferência  do STJ não comentam o fato e a sessão prosseguiu. Além disso, Cordeiro colocou cenário falso de uma estante de livros ao fundo de sua transmissão. (Por Tony Duarte do Radar DF)

Mulher mata companheiro com golpe de faca durante briga em Acailandia

Um homem identificado como Júnior Bringel foi morto pela própria companheira, na madrugada de sábado, na Vila Ildemar, em Açailândia, no Mar...