sexta-feira, 3 de agosto de 2018

Em confronto com militares, morre o maior assaltante de Balsas; padres e advogados foram vítimas


André Dourado (foto ao lado do Blog De Olho em Grajaú)) era temido e conhecido por tocar o terror em Balsas. Com seu grupo, realizou nos últimos meses 20 assaltos a residências, escritórios de advogados, casas comerciais e até igrejas. Foi morto hoje com um comparsa durante tiroteio com policiais militares.

O confronto aconteceu na madrugada desta quinta-feira, dia 02, quando a polícia chegou ao local onde estavam André Luis Dourado Damasceno, conhecido no submundo do crime por Zé Leão, e Weverton do Santos, parceiro do assaltante. Eles reagiram e foram mortos.

Zé Leão cometeu muitos crimes ousados em Balsas e tinha como característica torturar suas vítimas com coronhas. De acordo com o Blog De Olho em Grajaú, além dos assaltos a inúmeras residencias, invadiram uma paróquia e a emissora de TV Açucena, onde os funcionários tiveram que se esconder enquanto o grupo dele quebrava tudo.

Ele matou neste final de semana Fagner Melo Silva atendendo ordens de uma traficante da cidade de Araguaina

Além disso, foi acusado de assassinar o soldado do Corpo de Bombeiros, Rafael, durante assalto a um veículo pertencente ao militar.

Em Chapadinha, Homem é Preso porte ilegal de arma e direção perigosa

Hoje (16/10) por volta das 09h00, a Equipe Águia do 16º Batalhão (Policiamento de Motos), quando realizavam rondas ostensivas na Vila Lib...