segunda-feira, 28 de maio de 2018

Estoques estão chegando ao final nos supermercados, feiras e Ceasa no Maranhão

Enquanto a gasolina, óleo diesel e etanol vão aos poucos se normalizando nos postos de combustíveis, nas empresas de transportes coletivos, no principal aeroporto do Maranhão, e os serviços essenciais permanecem funcionando normalmente, o setor de alimentos começa a ter o estoque final reduzido.


Prova disso são os supermercados que começam a ficar desabastecidos, inclusive com hortifrutigranjeiros já sumindo das prateleiras. Por essa razão, a procura pelos produtos aumentou bastante, mas os preços estão estabilizados.

Na Ceasa, principal distribuidor de frutas e verduras, os 40 caminhões previstos para garantirem a reposição do estoque, não apareceram durante o dia de ontem, domingo, 27 deste. O estoque final, segundo os comerciantes, deve acabar amanhã, terça-feira, dia 29.

Abastecimento de combustível no interior

As medidas adotadas pelo Governo do Estado estão, aos pouco, garantindo o abastecimento de combustíveis no interior do Maranhão. Com o confisco remunerado de ferry-boat, caminhões tanques chegaram a várias cidades da Baixada, sempre escoltados pela PM.

Para as regiões mais distante, como Imperatriz e Balsas, o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, foi verificar pessoalmente as condições para que os combustíveis cheguem naquelas e outras cidades sob a escolta policial. Ainda assim, existem 16 pontos de bloqueios nas rodovias no Maranhão.

Por Luis Cardoso

Urgente! Polícia prende assaltantes de banco fortemente armados em caminhão baú na cidade de Santa Luzia do Paruá; um morreu e 12 estão feridos

Um caminhão baú, com cerca de 15 assaltantes, foi abordado por policiais militares da cidade de Santa Luzia do Paruá, por volta de 23h de s...