b

b

sábado, 15 de julho de 2017

Em situações opostas, Sampaio Corrêa e Moto Club se enfrentam em clássico

Por:Gustavo Arruda / Imirante Esporte

Enquanto o Tricolor quer se manter no G4, o Papão luta para sair da zona da degola.
SÃO LUÍS - Eternos rivais e maiores campeões da história do futebol maranhense, Sampaio Corrêa e Moto Club escrevem, na tarde deste sábado (15), mais um capítulo de uma rivalidade que já dura quase 80 anos. Desta vez, tricolores e rubro-negros se enfrentam pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro Série C, e em situações opostas na competição nacional: enquanto o Sampaio quer se manter no G4, o Moto luta para fugir da zona do rebaixamento. O Superclássico, que começa às 16h e será disputado no Estádio Castelão, terá transmissão minuto a minuto e cobertura completa do clássico.
Depois de um início irregular na Série C, o Sampaio Corrêa parece ter encontrado o caminho certo rumo às quartas de final. Invicto há três jogos, o Tricolor consolidou a sua reação na Terceirona com uma vitória por 2 a 1 sobre o Botafogo (PB), fora de casa, que lhe colocou na vice-liderança do Grupo 1, com 15 pontos. Para manter essa confiança em alta, garantir a presença no G4 por mais uma rodada, pressionar o líder CSA e aumentar o drama do Moto, que briga contra o rebaixamento, a Bolívia Querida promete vir com tudo nesse Superclássico.

Para o jogo contra o Moto Club, o técnico Francisco Diá fará apenas uma mudança no time titular do Sampaio Corrêa. Após cumprir suspensão diante do Botafogo (PB), o meia Marlon recupera a vaga na equipe e substitui o volante Diego Silva, que recebeu o terceiro cartão amarelo na partida em João Pessoa. O lateral Esquerdinha, dúvida durante toda a semana por causa de uma lesão, se recuperou bem e será titular.

O Moto Club, por sua vez, aposta todas as suas fichas no Superclássico. Com apenas oito pontos no primeiro turno da Série C, o Papão do Norte está na penúltima posição do Grupo 1 e precisa com urgência de bons resultados para afastar o risco de rebaixamento. A vitória sobre o Fortaleza na rodada passada aliviou um pouco o clima no Rubro-Negro, mas a tempestade só vai passar completamente com uma vitória no Superclássico, que tiraria o Moto da zona da degola.

Técnico interino do Moto Club desde a demissão de Leston Junior, Marcinho Guerreiro aposta no entrosamento para derrotar o Sampaio Corrêa. Satisfeito com a partida diante do Fortaleza, o treinador não fará mudanças no time titular, que tem como destaques o meia Válber e o atacante Vinícius Paquetá, autor do gol da vitória sobre o Leão do Pici.

FICHA TÉCNICA

Local: Estádio Castelão (São Luís - MA)

Horário (de Brasília): 16h

Árbitro: Thiago Luiz Scarascati (SP)

Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

SAMPAIO CORRÊA: Alex Alves; Roniery, Carlos Alexandre, Maracás e Esquerdinha; César Sampaio, Diego Valderrama, Marlon, Hiltinho e Felipe Marques; Isac. T: Francisco Diá

MOTO CLUB: Márcio Arantes; Tote, Lula, Michel e Lorran; Felipe Dias, Diogo, Válber e Toni Galego; Vitinho e Vinícius Paquetá. T: Marcinho Guerreiro