b

b

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Cidadão quebra a própria moto saber que ela iria ser apreendida por causa do IPVA atrasado em São Luís



Na manhã de ontem (17), um cidadão que estava se deslocando para o trabalho protagonizou uma cena inédita na Cidade Olímpica em São Luís.
Ao ser abordado em uma blitz da Companhia de Polícia Militar Independente (CPRV), ele apresentou a documentação do ano de 2012, ou seja, estava há 5 anos sem pagar o IPVA. Não deu outra, a CPRV cumprindo ordens, avisou ao cidadão que iria apreender a moto. Em um ato de revolta e descontrole, o homem começou a destruir a própria moto, deixando todos que estavam presente sem reação.

O estrago foi grande e poderia ter sido maior caso os policiais não agissem rapidamente e impedindo o rapaz de destruir mais ainda a própria motocicleta.

A onda de blitz na cidade de São Luís não tem hora e nem lugar certo para acontecer. A parceira entre o governo do estado e a Vip Leilões está rendendo: são milhares de carros apreendidos por conta de documentação atrasada.

Atualmente no pátio da Vip Leilões existem mais de 5 mil carros e motos. O objetivo de grande parte dessas blitz é apreender os veículos com documentação atrasada, obrigando assim, o cidadão a pagar o IPVA a qualquer custo, mesmo que este não disponha do valor exato.

Com informações do blog da Riquinha