sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Absurdo: Preso por assaltos a carro-forte é liberado para fazer concurso da PM do Maranhão

Luiz Carlos Rodrigues de Oliveira foi preso no fim do ano passado
Uma situação, no mínimo, inusitada, para não dizer absurda, ocorreu na cidade de Teresina, capital do Piauí. O juiz Lirton Nogueira Santos resolveu liberar um preso para realizar, nesta sexta-feira (27), o teste de aptidão física do concurso da Polícia Militar do Maranhão.
Material encontrado com ele durante a prisão
O preso em questão é Luís Carlos Rodrigues de Oliveira. Ele é suspeito de integrar uma quadrilha especializada em explosões de caixas eletrônicos, assaltos a bancos e carros-fortes, e havia sido preso no dia 24 de dezembro do ano passado em um sítio.
Na ocasião, dois suspeitos foram mortos pela polícia, que encontrou no local três carros roubados, 4 fuzis, 3 submetralhadoras, 3 pistolas e 2 revólveres, além de 28 bananas de dinamites e equipamentos para explosões de cofres.
De acordo com a defesa do detento além de ter sido convocado para o teste, ele tem um filho de 11 anos de idade e possui esposa acometida com grave enfermidade.
Com a decisão, Luis Carlos fará o teste sob escolta policial. Um pedido para prisão domiciliar também foi encaminhado ao MP pelo juiz.