terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Vereador é preso suspeito de assassinato

G1MA


Vereador José Gomes da SilvaO vereador José Gomes da Silva, 47 anos, foi preso nesta segunda-feira (12), suspeito de ser o mandante do assassinato do vereador eleito de Godofredo Viana, César Augusto Miranda, morto na última quarta-feira (7), em sua própria residência.
Segundo o delegado regional de Zé Doca, Samuel Farias, o crime teria motivação política, uma vez que nas últimas eleições José Gomes foi eleito para a suplência exatamente de César Augusto e pretendia com a morte do comerciante, assumir seu lugar.

A polícia chegou até o suspeito após analisarem imagens de câmeras de segurança da farmácia, onde foi constatado que um dos autores dos disparos possui ligações com o vereador José Gomes.

O secretário de Segurança Jefferson Portela, informou que as investigações devem continuar em sigilo com o objetivo de localizar os autores e mais envolvidos no crime, “É algo repugnante, é como eu descrevo atos semelhantes de indivíduos no intuito de almejar o poder”, disse.

Entenda o caso

O vereador Cesar Augusto Miranda (PR) foi executado em uma farmácia, na noite da última quarta-feira (7), no município de Godofredo Viana, a 860 quilômetros de São Luís. Ele foi o quinto mais votado, entre os eleitos no município em 2016, com 265 votos.

O crime foi cometido por dois homens que chegaram ao estabelecimento comercial de propriedade da vítima e efetuaram disparos contra César Augusto. ‘Cesar da Farmácia’ foi diplomado na manhã do dia do crime pela juíza Lewman de Moura Silva, da 64ª Zona Eleitoral, durante cerimônia realizada no Salão Paroquial do município.