sexta-feira, 18 de novembro de 2016

No Maranhão, 2.400 mortos recebiam o Bolsa Família

bolsa 


Por: Luis Cardoso

No pente fino que o governo federal mandou realizar em todo o país sobre os benefícios do Bolsa Família, 33 mil foram encontrados recebendo de forma irregular no Maranhão. São empresários, comerciantes, políticos, professores, taxistas e outros que não precisam. Mas um detalhe chamou a atenção: 2.400 mortos estão se beneficiando do programa social.


Aqui em nosso estado estão sendo feitos novos recadastramentos para um total de mais de 100 mil beneficiários, isto porque em muitas famílias existem sempre mais de uma criança.
Na capital, 30 mil estão sendo convocados para o recadastro. O pente fino detectou também que muitos beneficiários atuaram como doadores de campanhas eleitorais para prefeitos.

Acusado de estupro, assaltos e tráfico de drogas é alvejado cinco vezes durante vaquejada no PI

Na quinta-feira (19), um homem identificado como Antonio José foi baleado por um segurança em uma vaquejada na zona rural da cidade de La...