sexta-feira, 25 de novembro de 2016

Mulher mata o marido porque ele não queria que ela assistisse à TV

Após vítima desligar a energia da casa, acusada pegou a espingarda e atirou


Uma mulher de 22 anos matou o marido, com um tiro de espingarda, na casa onde o casal vivia, na área rural do município de Machadinho D’Oeste, a 340 quilômetros de Porto Velho, capital de Rondônia. Segundo depoimento da acusada à Polícia Militar (PM), a vítima, que tinha 40 anos, desligou a energia da casa, porque não queria que ela visse televisão.

“A vítima estaria doente e anteriormente teria desligado o padrão da energia para repousar. Depois disso, a mulher foi até o lado de fora da casa e ativou a energia, com o intuito de realizar os serviços domésticos. Descontente com a ação, ele desligou outra vez a eletricidade da casa e o casal começou a discutir”, comenta a delegada responsável pelo caso, Simone Barbieri.
Eles iniciaram uma discussão e ela acabou pegando a arma. O caso foi registrado na tarde da última terça-feira (22). Conforme Barbieri, a mulher comentou que, durante a discussão, o marido teria desferido um golpe de madeira contra ela, porém o objeto não foi encontrado.
“Após perceber que o marido estava com o comportamento alterado, ela ficou com medo e correu até o interior da residência para pegar uma espingarda que havia no local”, explica a delegada.
Depois de efetuar um disparo contra o homem, ela correu até a casa do irmão e acionou a polícia. O Serviço de Atendimento Médico de Urgência foi solicitado, mas ao chegar no local constatou que o homem estava morto.
A mulher foi presa em flagrante e encaminhada até a Delegacia de Polícia Civil. Depois, seguiu para a Casa de Detenção de Machadinho D’Oeste e está à disposição da Justiça.
Fonte/ Noticias ao minuto