quarta-feira, 27 de julho de 2016

PISTOLAGEM: Pecuarista bacabalense é executado na zona rural de Lago Verde


Por: Sergio Matias
 
Por volta das 8 horas da manhã deste domingo (24), o povoado Alegria, zona rural do município de Lago Verde, foi cenário para o crime que teve como vítima o pecuarista Luís Soares, 47 anos de idade, conhecido como “Jurandir”, natural de Bacabal, que foi morto em uma estrada de piçarra que dá acesso a sua propriedade rural.

Luís Soares estava montado em um cavalo e parado próximo de uma cerca de talo quando foi alvejado por um disparo de arma de fogo, provavelmente um revólver calibre 38. A vítima depois de cair do animal com o impacto do tiro, ainda se levantou e tentou correr, mas acabou caindo novamente e vindo a óbito.

O principal suspeito de cometer o crime é João Batista de Sousa, de 65 anos, que mora ao lado da propriedade da vítima. A desavença entre os dois teria ocorrido em virtude de uma fiação elétrica de Luís Soares que passa por dentro do terreno de João Batista.

Testemunha do crime, Luís Severino conta que o suspeito estava de posse de uma arma e que, após uma rápida conversa com a vítima, efetuou o disparo fatal.

Ana Alice, esposa da vítima, conta que o suspeito já teria mandado um recado para que a fiação fosse retirada do seu terreno, o que, segundo ela, seria providenciado na segunda-feira (25). Ela diz também que em outra oportunidade os dois já teriam se desentendido e chegado a trocar agressões físicas.
João Batista encontra-se foragido