b

b

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Eita Brasil da Impunidade:Adolescente que matou a mãe e o namorado cúmplice foram condenados a passar 45 dias em abrigo de menor


                                 mm 
A adolescente menor de 14 anos e seu namorado de 16 anos foram ouvidos hoje durante audiência pelo juiz Reginaldo de Jesus Cordeiro Júnior, responsável pela 2° vara da Infância e da Juventude de São Luís. O casal é acusado de matar Tatiana Cutrim de 49 anos, mãe da menor.

Depois de analisado todo o crime, o juiz determinou a internação provisória dos menores infratores com prazo máximo de 45 dias, como é estabelecido pelo ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).  Além do juiz, participaram da audiência o promotor Raimundo Nonato Cavalcante, a defensora pública Maiele Karem França Morais (assistindo a adolescente), e os advogados Angelo Rios Calmon e Rômulo Alves Cavalcante (assistindo o adolescente).
O casal que ficará numa casa que abriga menores infratores durante o período, porém os órgãos competentes estão evitando divulgando o local por temer represálias, já que em todo o estado é grande o pedido de justiça.
O crime ocorreu no último sábado (23) no bairro Planalto Anil III, na capital. Após o ato, o casal fugiu para a cidade de Santa Inês onde foram apreendidos nas primeiras horas da segunda-feira (25).
Na audiência foi lavrado o flagrante já que o ato infracional envolve violência ou grave ameaça como prevê o art.173 do ECA.
A mãe da filha adotiva foi morta com correntes e facadas friamente. Ainda durante depoimento, a garota confessou o crime e disse que pretendia alugar uma casa na cidade de Santa Inês para morar com o namorado.

Por Luis cardoso