b

b

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Sete homicídios marcam fim de semana na Grande São Luís

Sete assassinatos foram registrados na Região Metropolitana durante o fim de semana. Uma das vítimas foi identificada como Jean Alisson Gomes da Silva, de 28 anos, morto com quatro tiros no tórax, segundo a polícia, desferidos por integrantes da facção criminosa Bonde dos 40, na Vila Itamar, no começo da tarde de ontem.
O cabo do 6º Batalhão da Polícia Militar Arouche informou que um homem, conhecido pelo apelido Capuxo, teria abordado a vítima na porta de uma galeteria, localizada na Vila Itamar, e ainda chegaram a discutir. No decorrer da discussão, o suspeito desferiu vários tiros contra Jean Alisson Gomes, fugindo em seguida.
A vítima foi levada para o Hospital Municipal Doutor Clementino Moura (Socorrão II), na Cidade Operária, mas chegou sem vida. O caso foi registrado no Plantão de Polícia da Delegacia da Cidade Operária (Decop), mas será apurado na delegacia do bairro onde ocorreu o crime. Até o momento, a polícia não soube precisar o motivo do homicídio, mas afirmou que o autor faz parte do Bonde dos 40.
Cleuton Damison Nepomuceno, de 25 anos, também foi morto a tiros por integrantes de facção criminosa, na noite de sábado, na Vila Kiola, em Ribamar. Ainda nessa cidade, teve o registro da morte de Simião Gomes da Silva, de 45 anos, no bairro J. Câmara. Homens não identificados, em uma motocicleta, desferiram vários tiros contra a vítima e fugiram do local. O inquérito policial foi instaurado na Delegacia de Ribamar para investigar os crimes.
Futebol - O campo de futebol do bairro Santa Cruz foi cenário para o assassinato de Marcus Roberto Mendes Moraes, de 34 anos, na tarde de sábado. Segundo informações da polícia, a vítima estava participando de um jogo de futebol em companhia de alguns amigos. Durante a partida, chegaram três homens não identificados e começaram a observar os passos de Marcus Mendes.
No momento em que a vítima estava se preparando para bater o escanteio, os três homens entraram no campo e exigiram que Marcus Mendes ficasse parado e ainda ordenaram que os outros jogadores deixassem o local. Em seguida, eles desferiram vários tiros contra a vítima, sendo que três tiros atingiram a cabeça e um nas costas. Depois da ação criminosa, o trio fugiu e o corpo da vítima removido para o Instituto Médico Legal (IML).
No Bairro de Fátima, Moises dos Santos Filho efetuou um golpe de faca no abdômen da sua cunhada, Francinilde Matos Ribeiro, de 37 anos, na noite de sábado. De acordo com as informações do boletim de ocorrência registrado no Plantão de Polícia Civil da Rffsa, o acusado estava discutindo com a sua esposa. A vítima tentou defender a irmã e foi morta.
Os familiares levaram a vítima ao Hospital Municipal Djalma Marques, Socorrão I, no Centro, onde foi submetida a tratamento cirúrgico, mas não resistiu o ferimento. O caso será investigado pelo 2º Distrito Policial, no João Paulo, e até o momento o suspeito ainda não se apresentou à polícia.
Também no sábado, homens não identificados mataram a tiros Fábio Santos Moraes, de 26 anos, no bairro Areinha. A polícia informou que há possibilidade de esse crime estar ligado ao comércio de drogas que existe nessa localidade. O outro homicídio teve como vítima Robério Silva. O corpo dele foi encontrado no meio de um matagal com golpes de faca, principalmente, no abdômen, localizado no Maiobão, na madrugada de sábado.