b

b

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Aumento da violência no Brasil.

Estudo do IBGE constatou que nos últimos vinte anos houve um aumento preocupante da violência.

Recente estudo do IBGE mostrou que das quase 2 milhões de mortes por causas violentas (homicídio, suicídio, acidentes e outras causas não naturais) nos últimos 20 anos, 600 mil foram resultantes de homicídios.

 

Este dado mostra que a violência vêm crescendo exponencialmente, seja nos grandes centros urbanos ou mesmo em áreas menos populosas. Uma outra constatação é de que a incidência de assassinatos foi maior entre jovens de 15 a 24 anos do sexo masculino.

O resultado da Síntese de Indicadores Sociais 2003 constatou um fato alarmante: o número de mortes por homícidios aumentou 130% desde a década de 80. Isso significa um aumento na média de mortos para cada 100 mil habitantes. Se antes o número era de 11,7 homicídos para cada 100 mil habitantes, hoje esse número equivale a 27.

O estudo identificou que na década de 90, o número de mortes por armas de fogo aumentou em 95% entre os homens de 15 a 24 anos, grupo mais afetado pela violência. Em 1980, o total de homicídios no Brasil foi de 13.910, passou para 31.989 em 1990 e chegou em 45.343 em 2000.

Os dois estados onde foi identificado o maior número de homícidios foram Rio de Janeiro e Pernambuco, com 205 e 198 homícidios para cada 100 mil habitantes respectivamente.

Esses números são realmente assustadores, porém, para evitar que ele aumente cada vez mais, é necessário tomar certos cuidados e cobrar do Governo medidas mais eficazes no combate à violência.