b

b

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Policiais e Bombeiros querem parar o Brasil nos dias 20 e 21 de agosto

Policiais militares e bombeiros prometem uma grande manifestação em Brasília (DF) nos dias 20 e 21 de agosto. Nesta semana, representantes dos servidores militares estiveram na capital federal para tentar, mais uma vez, forçar a votação da PEC 300, que estabelece um piso salarial nacional para policiais e bombeiros. No entanto, alguns líderes de partidos se recusaram a assinar o requerimento que pedia a colocação da proposta em pauta, caso do deputado José Guimarães (CE), líder do PT na Câmara. 
Nos dias 09 e 10 de julho, policiais e bombeiros militares, policiais civis e agentes penitenciários participaram de manifestações no Congresso Nacional e Senado. Nessas datas puderam acompanhar a aprovação nas duas casas da anistia criminal. A PEC 300, mãe de todas as outras reivindicações é claro, também esteve na pauta, na tentativa de se criar um canal de diálogo com o governo federal na intenção de colocar a matéria na pauta de votações de 2° turno. A maioria dos estados presentes deliberaram que haverá nova manifestação marcada para os dias 20 e 21 de agosto, onde haverá caravanas se deslocando para Brasília ao mesmo tempo em que outros militares também se manifestarão nos estados. Se nesses dois dias a PEC 300 não for colocada na pauta de votações, já a tendência é de a categoria cruze os braços no dia 7 de setembro, data simbólica da Independência do Brasil! 
A tentativa de se buscar o diálogo com a presidência da república é justamente para que a segurança pública não se veja confusa e usada neste momento em que o Brasil mais precisa dela. Se várias categorias se manifestam, outras estão literalmente parando as atividades, a única que está firme na defesa do patrimônio público e privado, é justamente a segurança pública. Porém também temos as nossas demandas, e nada mais justo que a Excelentíssima Presidente Dilma Rousseff, que já recebeu várias categorias, estudantes e movimentos sociais, também receba os profissionais da Segurança Pública.

com informações do blog do Ebnilson