sexta-feira, 12 de julho de 2013

Polícia confirma que empresário morto teve orelha cortada

A polícia do município de Dom Pedro, que fica a 255 km de São Luís, confirmou que o empresário e ex-vereador Diogo Gomes de Freitas, de 54 anos, que foi morto na manhã desta sexta-feira (12), teve uma das orelhas cortada e levada pelos assassinos.
De acordo com o delegado de Dom Pedro, Otávio Chaves, a ação pode caracterizar crime de pistolagem. " Foram três disparos na cabeça e esse detalhe da orelha nós acreditamos que tenha sido feito para comprovar o crime. Eles estavam encapuzados e estamos tentando indentificar os autores. Estamos tentando colher informações, ele era uma pessoa muito querida na cidade, mas ainda não temos pistas", declarou o delegado em entrevista à Rádio Mirante AM.
Diogo Gomes de Freitas Foi abordado por dois homens em uma motocicleta, enquanto trafegava por uma avenida, por volta das 6h00. Atualmente, o ex-vereador trabalhava como comerciante na região.
 
Do blog do Marcial Lima