b

b

sábado, 28 de janeiro de 2012

A epidemia do Crack no Brasil

Na ultima quinta feira (26) estava assistindo ao Conexão Reporter no SBT, com Roberto Cabrini que mais vez fez reportagens dignas de premios, O Conexão Repórter mostrou um documento completo sobre o crack. Para revelar detalhes nunca antes vistos de uma das drogas mais populares e devastadoras do mundo, Roberto Cabrini passou a noite na cracolândia e contará histórias de cidadãos perdidos no vício.

Atualmente o Crack está presente em todas as cidades brasileiras, não importa o seu tamanho ou a sua quantidade de habitantes, ele está presente e o estrago causado por este mal é quase inreversivel, as consequencias são enormes, a atingue a todos os familiares de quem tem contato com esta droga. 

Naquele programa eu vi de tudo, mas o que mais me comove alem, de depoimentos emocionantes e perturbadores, além de imagens fortes de viciados sendo resgatados, foi em ver uma mãe que abandonou familia, trabalho, casa e a propria vida  para viver na rua com o filho viciado.

Vários filhos de Chapadinha encontran-se internados em clinicas de recuperação de dependentes quimicos, sendo que ha mais usada é a fazenda Esperança na cidade de Coroata - MA, as Policiais Militar e Civil de nossa cidade tem feito um trabalho intenso na captura de traficantes, e fornecedores, tem obtido exito, já quase todos os grandes traficantes de Chapadinha encontran-se preso, agora cabe as autoridades competentes em criar programas de inclusão social para a nossa juventude, programas esportivos, por que o traficante ta fazendo a parte dele.

Até quando as nossas familias vão continuar refem deste maleficio, o que podemos fazer para evitar que nossos familiares se contaminem com o Crack, a prevenção ainda é o melhor remedio, mas até quando isso vai funcionar, sinceramente não sei, Chapadinha vive hoje uma epidemia de consumo do Crack, é só observar nos becos e ruas que vamos ver um jovem entregue a essa droga.