sábado, 14 de janeiro de 2012

Caso Noé, mais uma vez Chapadinha é destaque na imprensa nacional, negativamente

Tenho acompanhado nos últimos dias a repercusão do caso Noé, lamento muito o acontecido, e a dor que a familia tem passado, diante das coisas que estão acontecendo. Não tenho a capacidade de julgar as atitudes do médico que fez o parto da criança, mesmo por que não tenho nenhuma formação médica e tão pouco estive presente no ato.

Mas o que mais me envergonha nesta história toda, além do fato de uma criança perder a vida, claro, é que mais uma vez a cidade de Chapadinha é destaque no imprensa nacional de forma negativa, e causa a população desta terra bonita um grande desconforto, e vergonha.

A primeira vez em que fomos destaque nacional e internacional, foi aquela história do Galo da Chapada diante do Viana, entregua de jogo, depois foi a vez do nosso Deputado chamar Roqueiros de Maconheiros e que amplamente foi lembrado diante do Rock In Rio, parlamentares irem as vias de fato em plena Câmara municipal e agora esta situação do garoto Noé, denovo.

“A política de acompanhamento de tudo o que sai na mídia esta presente em nossas vidas, hoje a informação está dinâmica, com a cobrança pelas respostas nos casos de denúncias e reclamações sobre qualquer fato sendo ele relevante ou não, tem surtido efeito também no aumento do índice de notícias positivas, porque os produtores, chefes de reportagem e comunicadores sabem que estamos ouvindo, vendo, lendo e vamos buscar esclarecer e expor o nosso ponto de vista.

Boa parte da imprensa de Chapadinha é séria, e procura divulgar as noticias com imparcialidade, isso nos dá um índice excelente até para as empresas privadas de grande credibilidade e que não lidam com a prestação direta de serviço à população, mas não mais podemos ser refém da bandalheira que se tornou a coisa pública em Chapadinha, há uma necessidade de seriedade com o que pertence ao povo.


Chapadinha está sendo devorada pelos últimos gestores públicos que estiveram e estão no seu comando, estamos com a saúde pública na UTI, a educação está no atoleiro, o Trânsito está uma loucura, as ruas estão imundas, mas dinheiro para a politica do pão e circo tem, todo mundo reclama da atual situação em que a cidade se encontra, mas que tem que fazer alguma coisa é conivente, aliás uma parte do legislativo municipal além de não fazer o seu papel, provoca cenas que ajudam a invergonhar mais a nossa população.

Eu Amo esta cidade, e já estou cansado de ver esse chão abençoado ser destaque negativamente, aqui é uma terra de gente honesta, trabalhadora, acolhedora, e que de forma alguma merece que um mesmo grupo politico, continue a envergonhar o nosso povo, e a nossa dignidade onde fica, por que nada está sendo feito diante de tudo isso que está acontecendo, estamos cansados disso tudo, chega vamos dar um basta nesta falta de respeito.