b

b

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Centro de Chapadinha, território livre da poluição sonora

De segunda a sabado quando passo pelo centro de Chapadinha, deparo-me com a verdadeira zona de pertubação do sossego público que se tornou o centro de nossa cidade, o barulho ensurdecedor que tem naquele local é uma coisa absurda, são Carros de som, Bike de Som, Moto de som, caixas de som na porta de lojas, conjuntos musicais nas calçadas, uma loucura, a busca por clientes está tornando aquela area da cidade insuportavel no periodo em que o comercio está funcionando.
A poluição sonora é o efeito provocado pela difusão do som num tom demasiado alto, sendo o mesmo muito acima do tolerável pelos organismos vivos, no meio ambiente. Dependendo da sua intensidade, causa danos irreversíveis nos seres humanos. E é crime ambiental pasivel de punição.
O pior e que na grande maioria os motoristas dos carros de som e os  pilotos das motos de som não possuem habilitação, a grande maioria dos veiculos não estão com a documentação em dia, quase todos desconhecem sobre a legislação para o uso desse tipo de veiculo, e nós e quem sofremos as consequencias, pois não não há um respeitos pelas leis por parte destes profissionais, eles é que estão fazendo as suas próprias leis.
As calçadas do centro que deveriam servir aos pedestres, na sua grande maioria estão cheias de equipamentos sonoros, Roupas, moveis e eletrodomesticos, placas, outdors dentre outros, na verdade isso ocorre por falta de fiscalização dos orgãos competentes, e a nossa cidade se transforma em uma verdadeira zona, onde impera a lei do mais fortes dos grandes empresários e o bem comum fica pra depois.
Alguns orgão de fiscalização de nossa cidade teem os decibelimetros (aparelho usado para medir o nivel de poluição sonora) mas estão guardados e de nada servem, no ato da entrega desses aparelhos aos respectivos orgãos fiscalizadores foi feito uma ampla divulgação nos principais meios de comunicação de nossa cidade, uma pena que só estão servindo de enfeite, e material carga, alguma coisa terá que ser feita em relação a poluição sonora do centro de Chapadinha, em uma cidade civilizada isso não é mais toleravél, e os nossos ouvidos não aguentam mais tanto barulho.